Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

ASN RS 05/08/22 às 11:05
Compartilhe

“Transformar Juntos” reúne poder público e iniciativa privada

Por Sebrae RS
ASN RS 05/08/22 às 11:05
Compartilhe

Mobilizar parceiros de órgãos governamentais e da iniciativa privada para a implantação de políticas de simplificação, desburocratização, acesso ao mercado, compras públicas e fomento ao empreendedorismo. Este foi o principal objetivo do evento “Transformar Juntos”, realizado pelo Sebrae no Centro Internacional de Convenções (Cicb), em Brasília, de 26 a 28 de julho. O Rio Grande do Sul foi representado por uma comitiva que reuniu 65 pessoas, envolvendo os parceiros estaduais da Redesim e representantes de 24 municípios que participam do Programa Cidade Empreendedora do Sebrae RS.

O encontro contou com a presença de lideranças de governo dos âmbitos municipal, estadual e federal, parceiros estratégicos e gestores do Sebrae para o diálogo e a troca de experiências que simplificam, modernizam e otimizam o ambiente de negócios brasileiro. “No que diz respeito à integração de órgãos de registro, licenciamento e inscrições tributárias esta iniciativa se revela muito estimulante. A presença dos mais diversos operadores nesta área promove efetiva troca de ideias, ao passo que os temas debatidos nos painéis, sempre provocativos, nos orientam para a entrega de novos e melhores serviços”, afirma Sílvio Moisés Ramão, Coordenador da Redesim – Jucisrs.

“É um evento muito importante, onde os participantes podem aprender e compartilhar seus cases de sucesso. E, desta forma, implantar ações que contribuam para um ambiente mais favorável ao empreendedorismo”, comenta Márcio Benedusi, gestor estadual da Redesim Sebrae RS. A Redesim é uma rede de sistemas informatizados necessários para registrar e legalizar empresas e negócios, tanto no âmbito da União como dos Estados e Municípios. Tem como objetivo permitir a padronização dos procedimentos, o aumento da transparência e a redução dos custos e dos prazos para abertura de empresas.

A busca por uma maior participação das MPEs nas compras públicas foi um dos temas de destaque, trazendo à tona e provocando reflexões como: É possível um pequeno negócio vender para órgãos governamentais? Que tipo de produto ou serviço um pequeno negócio pode vender para municípios, estados e governo federal? De que forma um pequeno negócio pode conhecer essas oportunidades? Como avaliar o risco de participar de uma licitação?

A novidade é que este ano o “Transformar Juntos” unifica dois eventos/marcas – Brasil Mais Simples e Fomenta – para ganhar mais força e mobilização. Além de palestras e debates sobre inovação, gestão pública, regras tributárias, atuação em rede e outros temas, o encontro contou com estandes de fornecedores e foi palco para o lançamento de um movimento para a construção de um Brasil Mais Simples, com menos burocracia.

24 municípios representados

Para o prefeito de Palmeira das Missões, Evandro Massing, o encontro é um momento em que as entidades se unem pensando em alternativas para simplificar e desburocratizar os processos do poder público, em benefício das micro e pequenas empresas. “O slogan ‘Transformar Juntos´ entrega a mensagem da importância de um trabalho conjunto por parte de órgãos e entidades que, através do compartilhamento de um propósito comum, simplifiquem a vida do empreendedor e cidadão”, destaca.

Geraldo Stadulni de Mendonça, diretor de Compras do município de Alegrete, define o encontro como uma “vivência única”. “A troca de experiências com gestores, executores e fornecedores de todo o Brasil foi muito rica. Os cases de sucesso apresentados pelos entes públicos nos mostraram que, com conhecimento, interesse e criatividade, podemos trazer soluções para nossa comunidade”, destaca. Além dos municípios de Alegrete e Palmeira das Missões, participaram também representantes de Antônio Prado, Cachoeirinha, Camaquã, Campo Bom, Canela, Canguçu, Canoas, Cruz Alta, Estância Velha, Farroupilha, Flores da Cunha, Frederico Westphalen, Guaíba, Ijuí, Panambi, Pelotas, Porto Alegre, Rio Grande, São José do Norte, São Leopoldo, Sapiranga e Uruguaiana.

Na avaliação de Eduardo Cavichioli, assessor da presidência do Tribunal de Contas do RS, o evento figura como um importante instrumento de conexão do Sebrae com os gestores públicos e as entidades de controle na efetivação das políticas públicas. “Destaco o importante papel dos Tribunais de Contas, que, sem abrir mão de suas funções originárias, podem atuar como fomentadores do desenvolvimento, através de uma visão integrada, na qual o Estado fiscaliza e também auxilia, proporcionando a justiça social, governança e cidadania, convergindo para o desenvolvimento nacional”.

 

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF
Aviso de Cookies

Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação.
Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.